Com o coração e a mente

Vanessa Mathias (White Rabbit) e Rodrigo Arnaut (Esconderijo Criativo), companheiros do EraTransmídia, participaram da Rio 2C 2019 com os corações nas mãos.



Na confraternização criativa de Alan Macy (Biopac), intitulada 'Mão no Coração', tiveram a oportunidade de sentir o seu próprio e o de 'doadores' em seu entorno, através de uma representação mimética, estimulando a audição, a visão e o tato.

Esse tipo de vivência 'neurocientífica' deve ganhar cada vez mais espaço nos próximos anos, com a evolução da tecnologia cognitiva.

Rodrigo lembrou-se de quando fez a cobertura do Friends of Tomorrow 2017, promovido pela Aeroli.to , para a revista Mundo 360.

Na masterclass, Edgar Morya, docente do curso de mestrado e coordenador de pesquisas do Instituto Internacional de Neurociências Edmond e Lily Safra (IIN-ELS), mundialmente conhecido pelo pioneirismo de seu projeto 'Andar de Novo', apresentou resultados de diversos estudos de conexões entre mentes de animais, controle de próteses por humanos e recuperação de movimentos de pessoas com paraplegia severa.

Vale a pena conferir um trecho da conferência gravado por Arnaut, na página do Esconderijo Criativo no Youtube (link), onde ratos e macacos realizam tarefas coletivas tendo suas mentes conectadas à distância (eletrodos capturam a atividade cerebral que é transmitida para os demais participantes, colocando as mentes em rede).

Morya cita, em sua apresentação, um trabalho que vem sendo realizado por um grupo de pesquisadores internacionais (vários brasileiros participantes), utilizando recursos de VR (realidade virtual) para 'treinar' o cérebro de indivíduos acometidos por paraplegia severa, com resultados surpreendentes. Seu trabalho é centrado em BMI (brain-machine interface), visando o controle de dispositivos eletromecânicos pela atividade cerebral, mas vem demonstrando a possibilidade de promover a neuroreabilitação.

O artigo que detalha o estudo pode ser lido no site da Nature (link).

Embora essa seja uma área de estudo relativamente recente, os avanços recentes vêm sendo animadores.

Uma curiosidade à respeito do tema é a de que o coração também tem neurônios, capazes de se comunicar com o cérebro e influenciar seus padrões de atividade.

Se você pratica Yoga, provavelmente já havia chegado a essa conclusão.