Desafios pós-digitais na InLoco University

A 'InLoco University' (IU), comandada por Fatima Rendeiro, realizou um encontro surpreendente nesta última quinta-feira (13/06/19) para debater os paradigmas de mutação das organizações pós-digitais.


Fatima Rendeiro e Felipe Matos da InLoco, com palestrantes e debatedoras.

A InLoco é uma startup brasileira que se notabilizou pela precisão de sua tecnologia de geolocalização, inicialmente utilizada para traçar o perfil de consumidores e possibilitar o contato com as marcas nos momentos mais oportunos de sua jornada,

A empresa acaba de receber um aporte de US$ 20 milhões, liderado pelo fundo norte-americano Valor Capital e pelo fundo brasileiro Unbox Capital, que irá financiar sua expansão para os EUA e o desenvolvimento de novos produtos IoT, com foco inicial no pacote de soluções tecnológicas para clientes que demandam a validação da identidade para transações financeiras via mobile.

Para o encontro, a IU reuniu personalidades relevantes e acostumadas a estudar as implicações sociais da tecnologia. Peter Kronstrøm e Flavio Ferrari, do CIFS - Copenhagen Institute for Futures Studies, abriram o evento apresentando o fenômeno do 'Mobile Cocoon' (o casulo móvel) e discutindo as implicações da 'bolha de conforto' digital no relacionamento entre marcas e consumidores. Vanessa Mathias e Lu Bazanella, da White Rabbit, discorreram sobre o futuro do trabalho no contexto da evolução tecnológica, enfatizando a necessidade de aprendizado contínuo e preparação para profissões que ainda não existem. Stella Brant, da 99, e Ligia Greche, da Brainsquad, foram convidadas para o painel de debates, com a moderação de Felipe Matos (InLoco), que aprofundou as discussões sobre os novos comportamentos e atitudes dos consumidores e os desafios para as marcas.

A questão da ética é ampliada. A empresa não pode abusar da intimidade. - Peter Kronstrøm

As mudanças de paradigmas e a desconstrução de falsos paradoxos relacionados com as causas sociais, a privacidade, a segurança, o conforto e a individualidade foram discutidas com os convidados, tendo como pano de fundo as questões do marketing, que transcende a era da experiência e do relacionamento para alcançar a era da intimidade.