• Editorial

Horror criativo

Atualizado: 18 de Nov de 2019

O bilionário mercado do terror teve sua mega feira, a HORROR EXPO, em outubro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

A feira que teve como objetivo reunir grandes nomes do gênero do Horror/Terror, nos campos do cinema, TV, séries, literatura, comics, videogames, serviços de streaming, música e cultura pop num único espaço, durante 3 dias (de 18 a 20710).

Como não poderia deixar de acontecer, a realidade virtual (VR) foi uma das vedetes do evento.

Rodrigo Arnaut, sócio-fundador do Esconderijo Criativo, aproveitou a oportunidade para lançar seu HUB, reunindo no espaço XR, através da curadoria de empreendedores pioneiros no universo de Realidade Virtual, 5 experiências de VR, com 10 parceiros e empresas startups da EraTransmidia, associação de profissionais da economia criativa, e da XRBR, associação de empresas que trabalham com Realidade Virtual, Aumentada e Mista.

"Conseguimos surpreender, encantar e superar as expectativas do público, que teve muita paciência para aguardar até 1h30 nas filas das atrações, devido a quantidade de interessados em conhecer novos mundos imersivos." '- Rodrigo Arnaut

As vivências do Esconderijo foram preparadas pelos parceiros de acordo com o clima de evento:

- "Hals Of Hell", uma experiências em um corredor de terror, desenvolvida exclusivamente para a Horror Expo 2019, pelo estúdio Aikon Pictures do diretor criativo Jorge Groove, membro XRBR;

- Games imersivos para entretenimento do público com muita música e esportes, desde tiros em Zumbis a espadas "sabre de luz Jedi", uma proposta da VR Esportes, do parceiro Bruno Pato;

- VR Book Traillers de Terror, produzidos pela equipe do Esconderijo Criativo, co-fundador da XRBR e do coletivo EraTransmidia;

- Montanha Russa/Trem Fantasma temáticos, com Mundo Pós Apocalíptico, Guardiões do Egito, Extinção Alienígena, Mundo dos Dragões e Revolução Maquinaria, produzidos em parceria da Mundo360 - pioneira em XR Digital Health Care com uso de Realidade Virtual para aliviar a dor e o medo de Vacina e Coleta de Sangue - e a Rili, criadora da primeira máquina de venda automática de realidade virtual do Brasil;

Todas as experiencias foram equipadas com mascaras VR descartáveis do fabricante VR Mask, garantindo maior segurança e higiene para todo o público do evento;

O crescente interesse pelas experiências imersivas oferecidas pela tecnologia vem atraindo a atenção dos profissionais de marketing de todos os setores.

¨A feira foi uma ótima oportunidade para demonstrarmos o potencial dos recursos disponíveis e a necessidade de planejamento e desenvolvimento adequados para cada contexto, de forma a produzir experiências realmente impactantes¨, explica Rodrigo, colocando-se à disposição dos interessados para conversar sobre oportunidades e projetos (arnaut@esconderijo.xyz).

Considerando-se que a competição pela atenção anda terrível, vale a pena explorar novas alternativas de comunicação.