O caminho natural para um futuro melhor

Atualizado: 26 de Ago de 2019

“Tudo que é relevante para o Brasil e para os brasileiros passa pela natureza.”

A afirmação é de Flavio Ferrari, Head do CIFS BR – Copenhagen Institute for Futures Studies, durante o ABETA Summit, o Congresso Brasileiro de Ecoturismo e Turismo de Aventura, que aconteceu entre os dias 14 e 18 de agosto de 2019.

Dirigentes do presente e do passado, na abertura do Summit 2019 em Ilhabela/SP.

Luiz Del Vigna, diretor executivo da ABETA, foi responsável pela organização do evento que reuniu mais de 200 profissionais de todo o país, além de autoridades representantes das áreas de Turismo, Meio Ambiente e Relações Exteriores.

“Nestes 15 anos de existência da ABETA, evoluímos muito. O Brasil se tornou uma referência mundial em segurança para o turismo Eco/Aventura. As normas que desenvolvemos aqui foram incorporadas pela ISO e adotadas globalmente. O governo brasileiro passou a reconhecer a atividade como fomentadora do desenvolvimento sustentável da economia e importante agente de preservação do meio ambiente. E a sociedade vem descobrindo, através do Ecoturismo, um Brasil acolhedor, educativo e encantador.” – afirma Del Vigna.

Seja qual for a perspectiva histórica ou ideológica com a qual se conte a história do país, os recursos naturais serão seu personagem principal. O Brasil de hoje é, muito provavelmente, o melhor representante da diversidade, não apenas ecológica, mas social e cultural em função de sua história.

E histórias não faltaram no decorrer do evento, seja no palco ou nas conversas entre os participantes.

“O povo do ecoturismo trabalha com o que gosta, acredita no que faz e contribui para que o Brasil seja melhor e os brasileiros mais felizes. É um privilégio fazer parte desse grupo.” – Teriana Selbach, Presidente da ABETA.

Contos da terra, da água e do ar, das comunidades, das diversidades e dos encontros, da ecologia, da sustentabilidade e do propósito, da saúde física e mental e do desenvolvimento pessoal, das aventuras e descobrimentos, do empreendedorismo, da técnica e do poder transformador, dos desafios e conquistas pessoais e coletivas, de amizades, amores e generosidades, dos ecos do passado, do presente e do futuro, formaram o enredo dos cinco dias de jornada, que incluíram a exploração das belezas naturais da Ilhabela do litoral paulista, sede do evento.

No plenário e nas salas paralelas, foram discutidos temas relevantes para a atividade e apresentados cases inspiradores. Nos intervalos, momentos para conexões importantes para alianças colaborativas.

Pesquisa realizada com participantes do ABETA Summit 2019, durante o evento.

E a pesquisa realizada com os participantes durante o encontro demonstra a consciência da responsabilidade desses profissionais em relação ao futuro do Brasil, e das possibilidades de contribuir significativamente para a solução de alguns dos maiores problemas do país, não apenas protegendo o meio ambiente, mas gerando oportunidades de trabalho inclusivas para as comunidades locais, educando a sociedade, oferecendo alternativas interessantes e saudáveis para o lazer da população e estimulando a economia, além de inspirar relações éticas e atitudes sustentáveis.

Flavio Ferrari, Head do CIFS BR, apresentando "Ecos do Futuro".

“Neste mundo polarizado, percebido como acelerado e complexo, a natureza é o contraponto que oferece o equilíbrio. Precisamos contar essas histórias para que mais brasileiros se beneficiem do que o Ecoturismo e o Turismo de Aventura têm para oferecer. Uma história engajadora para cada tribo.” – recomenda Ferrari.

O futuro melhor está logo ali em frente. Basta seguir por essa trilha.