• Editorial

Agenda dos líderes para 2020

A Deloitte conduziu uma ampla pesquisa com líderes empresariais das empresas que responsáveis por aproximadamente 50% do PIB nacional, com o objetivo de conhecer seus planos e expectativas para o próximo ano.

Fonte: Pesquisa Deloitte Agenda 2020

As expectativas otimistas de 70% dos entrevistados são condicionadas pela conjuntura e pelo esforço coletivo do governo e das empresas para construção de um ambiente favorável.

Mas, independentemente do cenário, mais de 70% dos altos executivos e conselheiros entrevistados atestam que irão investir em suas prioridades, que são novas tecnologias e treinamento de seus profissionais. Novos produtos e R&D vêm na sequência, com 67% e 58%, respectivamente. Se o cenário for mais favorável, as prioridades se mantém, mas outros 20% dos líderes

irão embarcar em todas essas iniciativas.

Considerando um cenário estável, apenas 9% das empresas pretendem reduzir seus quadros de colaboradores, mas esse percentual pode chegar a 64% se a situação piorar, contrariando as expectativas. Mas é importante mencionar que a qualificação das equipes é um ponto central de preocupação e que, além das iniciativas para formação profissional, 15% das empresas planeja substituir colaboradores por outros mais qualificados.

A pesquisa completa, com detalhes sobre os planos das empresas e suas expectativas para a atuação do governo, pode ser acessada no site da Deloitte, através deste link.