E o copo nem era do Starbucks ...

No quarto episódio da última temporada, enquanto o povo do Norte comemorava a vitória sobre o Exército dos Mortos, um copo nada medieval foi flagrado na mesa, bem na frente de Daenerys (Emilia Clarke).


Dificil acreditar em ‘acidente’ em se tratando da HBO, mas o fato recebeu ampla cobertura da mídia e repercussão nas redes sociais.

Quem ganhou com isso, além da HBO, foi a Starbucks. Embora o copo, segundo a produção da série, fosse do serviço de alimentação do próprio estúdio, os imaginativos fãs ‘reconheceram’ nele a sereia verde da rede americana.

O resultado, segundo comentado por Stacy Jones (CEO da Hollywood Branded) numa entrevista para a CNBC, foi um volume de mídia ‘espontânea’ para a marca de US$ 2,3 bilhões.

Funciona assim: os GoT fãs percebem a efeméride e detonam no twitter; a mídia especializada na cobertura captura e noticia; a grande mídia replica; o assunto vem para as redes sociais com o auxilio dos compartilhadores compulsivos; milhões de pessoas que não assistem a série, não sabem quem é a Daenerys, mas já ouviram falar na Starbucks, se interessam, curtem e comentam.

Por aqui, o assunto foi pouco comentado e, de acordo com a Stilingue (líder no monitoramento do que se fala no mundo digital) 80% das publicações sobre o tema no ambiente digital vieram de canais de notícia como R7, Catraca Livre, Exame e Extra, entre outros. Mesmo assim, teve mais de 35.000 interações com um alcance potencial de 10 milhões de perfis nas redes sociais.

E de acaso em acaso, vamos aprendendo como veicular campanhas nas redes sociais e mídias digitais sem gastar nada.