• Flavio Ferrari - CIFS

“Human Augmentation” – o melhor de dois mundos

“Human Augmentation” ou “Human Enhancement” será o assunto pop-tech de 2020.

A ideia é aproveitar o melhor dos dois mundos, humano e tecnológico, para ampliar nossa capacidade de realização e qualidade de vida.

O aprimoramento ou aperfeiçoamento humano é um campo de pesquisa que tem como objetivo “melhorar” a condição e as habilidades humanas através da ciência e da tecnologia.

Isso pode ser alcançado através de ferramentas (como microscópios, binóculos, amplificadores de som) ou de processos invasivos (drogas e implantes). Mais recentemente, os dispositivos de realidade aumentada e os wearables (tecnologia vestível), além de técnicas vivenciais para desenvolvimento sináptico e sensorial, vêm oferecendo opções não invasivas mais sofisticadas, enquanto a ciência caminha para propostas mais viscerais como a intervenção genética

.O tema desperta grandes questões éticas e sociais como a democratização do acesso às soluções, a proteção da privacidade e as possibilidades de manipulação da população conectada, mas nada disso impedirá seu avanço no curto prazo.

O desejo de ser super-humano e a busca de eficiência do mundo dos negócios são os grandes aliados para superar as questões éticas. Para a ciência (e a medicina em particular), o aperfeiçoamento humano é o desafio mais interessante das últimas décadas, provavelmente o mais interessante após o sequenciamento do DNA.

Do ponto de vista prático, várias soluções foram desenvolvidas e muitas já comercializadas nesta última década.

Sensores epidérmicos para monitoramento do organismo, dispositivos de realidade aumentada para a indústria e educação e novas práticas holísticas (geralmente adaptações de práticas orientais) são alguns exemplos corriqueiros e acessíveis.

A edição genética e os dispositivos que conectam o cérebro ao computador, menos conhecidos do grande público, já deixaram de ser ficção.

O assunto é vasto e multidisciplinar. Mas quem se interessar, pode começar sua busca pelos links a seguir.

Science Direct: Human augmentation: Past, present and future

Poder360: Elon Musk revela dispositivo para conectar o cérebro a computadores