"Ética e Estética: Pauta Digital 2019/2020"

Atualizado: 15 de Abr de 2019

O fator humano e as polaridades dialéticas das inovações tecnológicas, estão nos palcos dos principais eventos de tecnologia e inovação deste ano e, provavelmente, do próximo.



Não foi surpresa para ninguém que os temas mais humanísticos tenham dividido o espaço com a tecnologia nos melhores encontros descolados até agora. Já está claro para todos os que dedicam sua atenção ao assunto que não é a tecnologia que determina os rumos da sociedade (embora pareça que é assim). Ao contrário, são as demandas sociais que definem o sucesso das novas tecnologias, embora o atendimento dessas demandas possa transformar a sociedade e gerar novas demandas.  E também já se percebeu, mesmo em grandes corporações, que quando o assunto é transformação digital o foco deve estar mais na transformação (de atitudes, principalmente) do que na tecnologia digital.

Artigo publicado no Portal Imprensa: acesse neste link.


“ Tendo a perspectiva humanista como norte, a tecnologia resgata seu papel de ‘meio’ para atender necessidades (e não um fim em si mesma), e a ética e a estética ganham, naturalmente, seu espaço .” - Flavio Ferrari